Ludopedagogia

“Brincadeira de criança, como é bom” já dizia a música, até aí pode-se concordar, agora, já imaginou brincar e aprender ao mesmo tempo? É sobre isso que a ludopedagogia apresenta a molecada.
Pensando em como combater a metodologia de ensino atrasada, educadores propõem um olhar diferenciado para o ensino, voltado a uma característica que as crianças já gostam e são habituadas, a brincadeira.
A ludopedagogia leva em consideração não apenas o momento de brincar por si só, mas a interatividade entre os alunos e principalmente a inserção da matéria de forma lúdica podendo ser aplicada à educação especial, de jovens e adultos.
Os resultados têm sido melhores do que o processo habitual, pois desperta o interesse da criançada em aprender disciplinas que antes eram ditas como chatas e difíceis, como a matemática.
Equipamentos eletrônicos são grandes facilitadores para que a ludopedagogia ocorra, no entanto, métodos menos sofisticados também garante que o desenvolvimento do aluno aconteça, como brincadeiras com garrafas pets, diversos tipos de papéis entre outros objetos de fácil acesso na escola.
O que antes era difícil, agora é um desafio divertido. Cabe ao educador inserir dentro da metodologia didática atividades práticas e lúdicas que auxiliam e complementam a matéria já oferecida. O ato de brincar trabalha com a imaginação e criatividade do aluno tornando a maneira de aprender mais leve e fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp Chat
Enviar via WhatsApp